Acompanhe o capítulo em vídeo

Mas olha só! Um pé de manjericão na beira do caminho. Manjericão ou alfavaca ou  basílico, e mangerona. Mas este me fez lembrar uma planta   muito específica, de folhas largas, escuras, brilhantes, saborosas, para um grande número de macarronadas com molho de tomate, sua alma gêmea nas panelas, e grana padano. Comida boa regada a vinho bom para os amigos bons, tantas e tantas vezes. Essa poderia ser a história. Mas não. Ocorre que o tal pé de manjericão tinha a vida regulada por watson. Este, como se sabe, ou em breve se saberá, não pensa, mas se acha um sabe tudo. A água que o manjericão bebia, a quantidade de vento para agitar suas folhas, o tempo de exposição ao sol, a umidade do ar, os sais…Tudo ditatorialmente determinado por watson, a partir de um algoritmo gigante em complexidade e pretensão, alimentado por cada interação de watson  com qualquer rara informação que ele ainda não detivesse. E tudo funcionava na maior imperfeição. Assim, o pé de manjericão por vezes bebia de mais ou de menos, em umidade pouca a muito molhada, ou numa secura completa. Nalgum dia muito quente watson sabia sol demais, e no frio não era raro que soubesse vento em demasia. De modo que o manjericão vivia uma vida mais ou menos desconfortável; nos extremos, gozava e sofria, ria e chorava, de prazer ou dor. Tal drama particular não despertava qualquer atenção; do manjericão pretendia-se apenas o sabor, e era o que ele sonhava entregar. E assim, reuniam-se os amigos e, às vezes, comiam ajoelhados a pasta ao ponto, com o molho perfeito conjunção carnal de manjericão, tomate e queijo, em absoluta linha com o tinto, almas aquecidas pela harmonia da comida boa como a amizade. Mas, nalgumas outras, embora se mantivesse silêncio benevolente, o macarrão tinha um toque de amargor e tudo parecia azedo. E watson, de lado, indiferente, cheio da ideia de dever cumprido, a nada podia compreender e nada podia falar.

Baixe o livro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

limpar formulárioPostar Comentário

3 Comentários