35

Yvy Marãey, tempo de fazer o que dissemos que faríamos (9)

Acreditamos Guataha, que as pessoas são o mais importante para gerar resultados e também para sabotá-los. Suas opiniões, experiências e habilidades, que se plenificam em ambientes adequados, fazem a diferença entre sucesso e fracasso. Sentido de direção, conjuntamente definido é um dos elementos fundamentais para mobilizá-las. Mas, as pessoas precisam também ver a conclusão do…

Veja mais
34

Yvy Marãey, tempo de fazer o que dissemos que faríamos (8)

São tantas as crise no mundo, não é mesmo Guataha? Acreditamos que o que temos é um mundo em transição. Não temos muitas escolhas: ou utopia ou morte. Para apostar nas utopias na direção do desenvolvimento para todos com solidariedade e da democracia universal com participação, devemos cultivar determinados valores e desenvolver determinadas competências. Em…

Veja mais
31

Yvy Marãey, tempo de fazer o que dissemos que faríamos (5)

Nós de Yvy Marãey parecemos crer na magia das soluções legalistas, uma espécie de reparação maníaca através da regra. Elas costumam brotar como resposta a situações que se forjam em décadas de descaso e se tornam finalmente intoleráveis causando comoção social. …..em estado de mania, reparadores psicóticos de problemas que, de fato, não recebem reparação…

Veja mais
Baixe o livro